quinta-feira, setembro 18, 2008

ENCONTRO EUROPEAN ANIMATION NETWORK

21 SETEMBRO 2008
SESSÃO PÚBLICA DE APRESENTAÇÃO DO ENCONTRO EUROPEAN ANIMATION NETWORK


CONTEXTUALIZAÇÃO
Entre 20 e 24 de Setembro de 2008 decorre em Portugal um encontro entre agentes europeus que desenvolvem as suas acções na área do cinema de animação, vertente socio-educativa - com a tónica na formação e sensibilização de públicos, com vista a activar e potenciar canais de comunicação e cooperação entre organizações e profissionais desta área de actuação.

Uma iniciativa conduzida pela Agência Piaget para o Desenvolvimento - APDES e que conta com o apoio de alguns organismos nacionais para a sua concretização no terreno.

A APDES é uma associação sem fins lucrativos fundada em 2004 e tem como principal objectivo promover o desenvolvimento humano, social, económico, educativo e cultural das comunidades em que se insere, através de actividades de formação, investigação, pesquisa e desenvolvimento, em colaboração com entidades públicas e privadas, de carácter associativo e cooperativo. Em termos operacionais o seu trabalho desenvolve-se por projectos, entre os quais se destaca a Sétima Dimensão, que visa motivar a aprendizagem ao longo da vida e desenvolver competências de comunicação através da formação em cinema de animação junto de jovens considerados de risco.

São objectivos deste encontro:
- Mostrar boas práticas no âmbito do serviço educativo associado ao cinema de animação;
- Promover a adesão a lógicas de parceria criando condições para um trabalho em rede.
- Partilha de ideias, experiências e projectos;
- Estabelecimento de parcerias;
- Operacionalização de uma rede de recursos;
- Planeamento de uma acção de formação para técnicos, com o apoio do programa JUVENTUDE;
- Concepção de um seminário de boas práticas, com o apoio do programa JUVENTUDE;
- Equacionar a possibilidade de promover intercâmbios de jovens e voluntários, com o apoio do programa JUVENTUDE.

Contam-se entre os participantes a APDES, a Casa da Animação, o Cineclube de Viseu, a ANILUPA, a Caméra etc (Bélgica), a AVISCO (Itália) e a Obcanska Inspirace (República Checa).

O reforço na identidade colectiva enquanto produtores de filmes de animação com crianças e jovens, com fins socioculturais e educativos, favorece um funcionamento articulado suplantando o espaço e articulando uma rede de recursos.


PROGRAMA DE 21 DE SETEMBRO (Domingo)

No dia 21 de Setembro, pelas 14h30, a Casa da Animação abre as portas ao público para uma apresentação breve deste encontro. Destacando um painel de boas praticas e uma mostra de filmes produzidos por diferentes instituições europeias e nacionais neste contexto particular da animação enquanto ferramenta de inserção socio-educativa.


FILMES EM DESTAQUE:


APDES apresenta:

Projecto do filme alternativo “Tirem-me deste filme!!!”
7’35, Maio 2007
Participantes: Carla, Cátia, Cláudia, Diana, Filipe, Hugo, Leonor, Mário, Marta, Martinha, Paulo, Tiago e Vera
Professora responsável: Ana Abreu Santos
Monitoras: Tânia Duarte, Lígia Parodi, Filipa Rocha
Realização: Lígia Parodi e Tânia Duarte
Montagem: Tânia Duarte
Produção: APDES

Uma turma que contesta os preceitos básicos da escola é desafiada a entrar na 7ª dimensão. Em torno do tema “família”, criam quatro personagens – Tony, Quinhas, Rosa e Joãozinho - que compõem uma família disfuncional, à semelhança da realidade conhecida… Todos participam na realização das tarefas subjacentes e concluem que fazer um filme em animação dá muito trabalho. E afinal, os protagonistas não são as personagens criadas mas sim os seus criadores.

AVISCO apresenta:

Trabalhos da investigação "Pincéis electrónicos"
Produção do Município de Rezzato: Pinacoteca Internazionale dell’età evolutiva Aldo Cibaldi

De todas as cores
9’ 2003
Realização: Vinz Beschi
Coordenação: Elena Pasetti
Consultoria didáctica: Rosalba Zannantoni
Secretariado: Maria Grazia Morandi

Realizado com crianças de 5 anos do Jardim Infantil “Alberti” de Rezzato.
Este é um documento sobre a criatividade infantil que destaca um percurso de investigação / acção artística-expressiva, liderada por Vinz Beschi – realizador e videoartista da equipa da PinAC - que experimentou com cerca de trinta crianças de cinco anos, as possibilidades concedidas pelo sistema televisivo à elaboração infantil, que mais não são que oportunidades expressivas dadas pela experiência senso-perceptiva mediada pelo meio específico da televisão.

Papel Branco
10’ 50, 2006
Realização: Vinz Beschi
Com a colaboração de Irene Tedeschi, Mariateresa Capranica e Sandra Cimaschi
Produção: Elena Pasetti
Secretariado: Mariagrazia Morandi

Realizado com os alunos da turma 2C da Escola Secundária do 1º grau “Per lasca” de Rezzato

O silêncio pode ser uma folha de papel branco?
Papel Branco é a história de uma folha de papel, sem sentido mas cheia de "sentidos" onde no início o êxito estava indefinido, onde não se conta nada, ou talvez micro histórias: sem começo e sem fim. Histórias desenvolvidos ao redor do silêncio, da respiração, da escuta, do caos, da acção. Uma cadeia de sons e imagens que se seguem uns aos outros numa ordem indeterminada próxima do aleatório.
Uma experiência activa, concreta, sensual em que os participantes eram lançados, sem medo, surpreendidos pelos seus próprios resultados, agradavelmente arrastados a partir das imagens e sons, de gestos por si produzidos.
E porque não uma pequena homenagem a Lucio Fontana... aos seus cortes e seus buracos...

Sobre o Fio dos Direitos
7’, 2007/2008
Laboratório Pelos fios e sinais de Vinz Beschi e Irene Tedeschi

Filme de animação realizado com os alunos e alunas da turma 3E da Escola Secundária do 1º grau “Perlasca” de Rezzato

Dos fios do pensamento e das ideias partem fios materiais que ganham vida e formas sempre em mudança. Com um fio conta-se uma história de regras e direitos, criando um fio condutor, um fio lógico, um fio de esperança…
Por ocasião do 60º aniversário da declaração universal dos direitos do homem.

Camera etc. apresenta:

Leila
3’45, 2007
Argumento, personagens, cenários, animação, banda Sonora: 16 crianças no FESPACO 2007 (Burkina Faso)
Realização e montagem: Louise-Marie Colon
Técnica: silhuetas, sombras
Produção: Jean-Luc Slock, Camera-etc

Fim ao trabalho infantil! Uma breve história em animação que foi feita por crianças durante o Festival de Cinema Panafricano Ouagadougou 2007 (FESPACO).

Era uma vez uma menina chamada Leila. Ela vivia numa aldeia com os seus sete irmãos e os seus pais que eram agricultores pobres. A família de Leila já não tinha nada para comer e, no mercado, o milho-miúdo era muito caro. Seu pai decidiu trocar Leila por um saco de milho...

O envelope amarelo
9’, 2008
Argumento e realização: Delphine Hermans
Música original: Garrett List
Animação: Delphine Hermans, Louise-Marie Colon, Ludovic Berardo
Técnica: desenho
Banda sonora: Grégory Beaufays
Produtor: Jean-Luc Slock
Produção: Camera-etc; em parceria com Marc et Serge Umé (Digital Graphics)

Anna vive sozinha com o seu cão. Todas as manhãs, ela escrutina o conteúdo da sua caixa de correio. Um dia, entre os anúncios, recebe um grande envelope amarelo com um ofício no interior, sugerindo a encomenda do seu homem ideal por catálogo. Anna responde à carta e sonha com o fim da sua solidão. No dia seguinte, Anna recebe um minúsculo pacote na sua caixa de correio contendo um boneco de plástico insuflável. Dá início a uma vida bastante particular com Paul, o boneco insuflável...

A minha vizinha e eu
8’, 2006
Argumento, personagens, cenários, animação e som: Patricia, Naima, Gerda, Marie-Claire, Yvette and Viviane com o apoio de de Louise-Marie Colon
Realização e montagem: Louise-Marie Colon
Técnica: barro
Música: Fernand Troncoso
Produtor: Jean-Luc Slock
Produção Caméra Etc

Uma cigarra e uma formiga vivem no mesmo prédio. Enquanto que a formiga é muito atenta para não desperdiçar água, aquecimento e electricidade, a cigarra não está preocupado com o seu consumo de energia. Uma manhã a cigarra deixa de ter água, nem electricidade, mas tem um monte de facturas na caixa do correio...

Casa da Animação apresenta:


A família
2007
Argumento, Animação e Realização
Maria Carolina Lopes, Maria Inês Lopes, António Ferreirinha, Ana Cláudia Prata, Maria Inês Prata, Maria Miguel Prata, Tomas Blauchamp, Daniel Martins, Faustino, Pedro Martins, Dóris Teixeira, Nuno Martins, Pedro Martins, Maria Macana
Banda Sonora: Nuno Martins, Pedro Martins
Formadores: Paulo D'Alva, Tânia Duarte
Produção: Casa da Animação, Casa do Bosque, Serviço Educativo da Câmara Municipal de Matosinhos

Um dia o pintor Augusto Gomes decidiu pintar um quadro, em homenagem a um naufrágio no mar, que vitimou inúmeros pescadores. Representou uma família triste! Mas o que ele não sabia é que ao fim de muito tempo, a família decide questionar-se sobre esta triste condição, e sai do quadro à procura de respostas...

Making of do filme a Família

Metamorfoses
2007
Coordenação e Edição: Tânia Duarte
Argumento e Animação: Bruno Silva, Carlos Fontes, Celestino Fonseca, Maria Ferraz, Mariana Castro, Marta Oliveira, Nuno Cunha
Música: “Gymnopedia” Eric Satie
Produção: Casa da Animação

Interpretação livre de um tema musical, aludindo às potencialidades das metamorfoses na animação.



Mais vale tarde que nunca...
4'40'', 2008

Argumento. Cenários, Swom e Animação: Afonso Castro, Catarina Prata, Diogo Pereira, Diogo Moreno, Gerson Campos, Guilherme Cardoso, Inês Teixeira, Inês Rodrigues, Luís Ângelo, Miguel Braga, Pedro Cachim, Pedro Rocha, Ricardo Morais, Sofia Cachim
Orientação: Marta Monteiro e Tânia Duarte
Montagem e Edição: Tânia Duarte
Música. Scheming weasel fast, Comic Plodding
Produção: Casa da Juventude de Matosinhos, Câmara Municipal de Matosinhos, Casa da Animação

Cine Clube de Viseu apresenta:

A Catarina e a Alexandra
Viseu, 2001
EB1 de Travanca de S. Tomé – Carregal do Sal
Alunos do 1º ao 4º ano de escolaridade

A Catarina e a Alexandra estavam a conversar na estrada. Uma mota apareceu e teve que travar com muita força. Entretanto, atrás vinha um carro que também travou. Poderia ter acontecido um grande acidente porque elas não tiveram cuidado. O filme termina com algumas regras para se andar a pé em estradas sem passeio.

Transparente, uma gotinha aventureira
Viseu, 2005
EB1 de Sever do Vouga
Alunos do 4º ano de escolaridade

A gotinha Transparente conversava com o peixe do tanque do senhor Manuel, contando-lhe as suas aventuras, quando de repente escorregou pela torneira e foi parar ao jardim da brincadeira. Conheceu o Quentinho e começou uma nova viagem até às nuvens, onde encontrou as suas irmãs gotinhas.

O Tonito vai ser um grande pastor
Viseu, 2007
Escola Profissional de Carvalhais – S. Pedro do Sul
Alunos do 10º ano de escolaridade

É o primeiro dia do Tonito no monte, a guardar as cabritas com o pai. Juntos fazem a subida do monte até aos pastos, mas o caminho ainda é longo e o menino vai lidar pela primeira vez com a severidade e rudeza da vida no campo. O dia decorre ao ritmo da natureza e ao anoitecer os pais mostram-se muito orgulhosos do seu menino.

CLIA apresenta:

A olaria de Bisalhães
8’ 05, 2001
Argumento, realização e animação: jovens dos 10 aos 13 anos da turma do 5º B da Escola EB2,3 Diogo Cão de Vila Real
Técnica: Animação de marionetas de plasticina, objectos e recortes
Produção: Associação de Ludotecas do Porto / ANILUPA

A olaria de Bisalhães é uma actividade tradicional e artesanal muito antiga desta localidade e é caracterizada pela sua loiça de barro preto.
Este filme, partindo da pesquisa realizada pelos alunos da escola EB2,3 Diogo Cão de Vila Real, procura demonstrar todos os percursos necessários ao desenvolvimento deste trabalho, desde o processo de preparação do barro até à cozedura final das peças.

Apresentação de um documentário sobre o trabalho desenvolvido. (8’ 38)

Obcanska Inspirace apresenta:

O Homem da Poupança
7’ 25, 2008
Realização e montagem: Pavel Kout
Produção: AAAD - Academy of Arts, Arch. and Design in Prague, Dept. of film and TV graphism Música: Jiri Machacek
Técnica: animação de marionetas

Este filme satírico de marionetas fantoche é sobre um homem que não gosta de pagar as contas da electricidade, por isso ele tenta encontrar uma maneira para fazer com que a electricidade seja gratuita - e tem finalmente uma ideia…

O Autómato
8’ 10, 2005
Realização: Lucie Stamfestova
Produção: AAAD - Academy of Arts, Arch. and Design in Prague, Dept. of film and TV graphism
Montagem: Lucie Stamfestova e Jirina Pecova
Música: Michal Vasica
Técnica: animação de marionetas

Se quer viver os seus sonhos vá ao Autómato, compre um bilhete e será feliz para sempre…
Uma visão pessimista do nosso mundo, feito com marionetas, porque também somos marionetas...

Jazz Americano
5’ 10, 2008
Realização e montagem: Josef Jelinek
Produção: AAAD - Academy of Arts, Arch. and Design in Prague, Dept. of film and TV graphism Técnica: animação de marionetas

Este filme parece uma história de detectives, mas é acerca de 3 músicos negros que conseguem fugir de um porto americano, e o proprietário do bar de música tem que encontrar outra solução para fazer um concerto de jazz... mas sem sucesso.


recebido da Casa da Animação