segunda-feira, fevereiro 09, 2009

PRAIAS


EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA de CHRISTIAN CHAIZE

De 12 de FEVEREIRO a 10 de MARÇO
INSTITUTO FRANCO-PORTUGUÊS – Avenida Luís Bívar, 91
Inauguração 12 de FEVEREIRO às 18h30


“Tento colocar o tempo nestes instantes, o tempo que se vê, o tempo elástico de uma imagem para outra. e recomeçar...” Christan Chaize


É inaugurada no dia 12 de Fevereiro às 18h30 e fica patente no Instituto Franco-Português, à Av. Luís Bívar em Lisboa, até dia 10 de Março, a exposição de fotografias de Christian Chaize, intitulada “Praias”.

Como que num percurso iniciático, Christian Chaize fotografou ao longo de 5 anos um mesmo recanto da costa sul portuguesa. O mesmo percurso, o mesmo enquadramento entre a Praia Pequenina e a Praia Grande. A objectiva de Christian Chaize devolve-nos as visões múltiplas de um mesmo lugar em constante mutação que vamos poder ver de 2ª a sexta das 09h00 às 20h30 e aos sábados das 09h00 às 13h00.


CHRISTIAN CHAIZE, PRAIA 2004-2008
Em Agosto de 2004, Christian Chaize definiu o enquadramento que resultou na série Praia, fotografias em perspectiva mergulhante de lugares idênticos.
Escolhendo duas praias situadas no Sul de Portugal, Praia Pequenina e Praia Grande, Chaize decidiu-se pela mais pequena, apertada entre rochedos e a prestar atenção à hora e ao ângulo de enquadramento, colocando o seu tripé. Depois, pontuou exactamente o caminho que leva à praia maior. Nos anos seguintes, recomeçando o mesmo percurso e os mesmos enquadramentos, Chaize desen­volveu uma visão perturbadora da paisagem. Num lugar natural em princípio estável, cada elemento parece variar ligeiramente e não manter no mesmo lugar: o horizonte, o oceano, a areia, os rochedos, os banhistas, casais, famílias e os seus apetrechos.
As visões múltiplas obtidas dão às imagens de Chaize uma estranha e fascinante sensação do ambiente estival.


BIOGRAFIA
Christian Chaize, nascido em 1960, vive e trabalha em Lyon, França. Desde há 20 anos, Chaize fotografa as pessoas no seu quoti­diano, paisagens ou objectos, num estilo muito pessoal. Obteve o prémio europeu da jovem fotografia europeia, em Arles, França. Organiza e participa em exposições e publica as suas fotos em livros.
Fotógrafo que acumula trabalhos pessoais e encomendas publicitárias de marcas internacionais.


Recebido do IFP